As 7 franquias de jogos mais vendidas em todos os tempos

7° Grand Theft Auto, ou GTA


Nunca me interessei por esse jogo, mas meus primos e a maioria dos meus amigos adoravam, não sei porque. Ele tinha boatos em torno dele, de gente que dizia que o jogo estimulava a violência entre os jovens e fazia apologia ao crime. No jogo você era um criminoso, que podia roubar o carro que quisesse nas ruas, matar as pessoas e fugir da polícia, e finalizar missões no meio disso. O realismo e o grau de envolvimento do jogador com o game só cresceu com o tempo e com as diversas versões que vieram após a original. Eu não via graça em ficar dirigindo carrinhos e ficar atropelando os bonequinhos, nunca curti ficar brincando de carrinhos na verdade.

6° Final Fantasy

Eu acho que eu devo ter desperdiçado uns 5 meses inteiros da minha vida jogando esses jogos. Eu só não gostei da versão on line, atualmente jogo mais WOW (world of warcraft) que é on line e tem histórias que fogem mais do contexto ‘japa’ do qual com o tempo fiquei saturado. Personagens carismáticos, historinhas envolventes e muitas e muitas nerdices como listinhas de ítens, listinhas de magias, e etc faziam desse jogo algo viciante (ao menos pra mim, que sofria de nerdice crônica GRAVE). Eu mesmo devo ter virado Final Fantasy 7 umas 5 vezes, mas eu conheço casos bem piores do que o meu. Mas enfim, com certeza não existe RPG mais famoso e mais delicioso de se jogar. Mas confesso que atualmente não teria mais paciência.

5° Need for Speed


Sem dúvida é o melhor jogo de corridas que já existiu. As músicas, o clima urbano das pistas, os lugares exóticos  e modelos de carros animalescos são a fórmula do sucesso dessa série. Até eu, que não uso dentadura, digo, que não gosto de jogos de corrida, gostava desse jogo, vê se pode? Era legal nos fliperamas quando eu ia um lance que era um simulador de corrida onde você praticamente pilotava o carro mesmo, com volante e tudo mais.  Fora isso não era tão legal. Mas eu achava legal ver os outros jogando de vez em quando, não enjoava muito …

4° The Sims

Pra mim esse é o jogo mais chato e estúpido que já existiu na face da terra. Sério, é muito escroto. Já não basta você ter que cuidar da sua vida, ainda ter que ficar cuidando da vida de um bonequinho? tenha santa paciência! Sei lá se você for tetraplégico até vai, já que não pode se mover e fazer as coisas do dia a dia sozinho pelo menos no joguinho você faz. Mas eu ainda assim aproveitei esse jogo porque eu ficava baixando skins de pessoas famosas (Madonna, britney Spears, Marilyn Manson, Michael jackson e muito mais conviviam juntos na minha cidade imaginária), baixava códigos que introduziam elementos de pornografia hardcore-BISEX no jogo como mulheres de peitos imensos e homens e travestis com penis de envergadura superior a 28 cm que ficavam fornicando entre si! Todos os móveis da casa tinham terminações pontiagudas onde os bonequinhos se esfregava, especialmente as fêmeas, e eu ainda espalhava vários dildos pela casa e quintal pras visitas se divertirem e todos ficavam nus! Um horror. Logo enjoei desse jogo satânico porque meus bonecos sempre morriam já que enquanto eu estava jogando eu só em preocupava em ver cenas de sexo ao invés de lhes dar comida, banho, fazer eles arrumarem a casa ou ir pro trabalho ! Resultado, eles entravam em depressão e logo o espírito da morte vinha me visitar e eu tinha que começar tudo de novo. Sinceramente não entra na minha cabeça como tem gente que tem paciência pra jogar esse jogo sem os elementos adicionais que eu usava.

3° Tetris

Clássico dos clássicos dos clássicos. Eu tive vários minigames com tetris e até hoje volta e meia vou em alguns sites que tem diversos tipos diferentes de tetris. Um jogo para todas as idades, etnias, religiões, níveis de escolaridade e classes sociais. É praticamente o avatar da era de aquarius.

2° Pokémon

Até hoje só joguei pokémon Stadiun e não achei a menor graça. Vai ver o joguinho de game boy é legal também , sei lá. De qualquer forma eu era fanático pelos desenhos do pokémon, já que minha matéria preferida era ciências. Não sei se essas coisas tem ligação. Fato é que eu colecionava tazos de pokémon e jogava rpg de pokémon. Em fim, já falei de que eu sofria e ainda sofro de nerdice crônica GRAVE. Meu pokemon preferido não era o pikachu hehehe eu me identificava com o pokemon-travesti, Jynx:

1° Mario

Alguma surpresa? Esse foi sem dúvida nenhuma o jogo mais rodado no Super Nintendo, até porque quando você comprava um console novo sempre vinha essa fita junto. Eu sempre passava bem por todas as fases mas quando chegava na hora dos chefões eu ficava nervoso e morria muitas vezes gastando todas as minhas vidas! Nunca consegui chegar em chefão nenhum com a capinha pra vocês terem uma idéia. As fases da agüinha e o mundo do gelinho eu não gostava, sempre preferia as fases onde você fazia uma manha ninja de passar por tudo voando, super esperta essa dica. Daí você não joga, fica só voando que nem um RETARDADO. Mais alguém fazia isso?  Confesso que eu tinha um certo nervosismo nas fases de castelo assombrado também. Ai, bons tempos aqueles em que mário era o auge da computação gráfica. Eu tive também um nintendinho e vivi a época em que se jogava mario 2, que era muito mais foda que o mario world.

About coisas7

Sete coisas interessantes
This entry was posted in jogos. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s